Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Justiça
Gustavo Ferraz pede ao STF revogação da prisão domiciliar
Imagem: Arquivo
Publicado em 29/11/2017

Os advogados do aliado do ex-ministro Geddel Vieira Lima, Gustavo Pedreira do Couto Ferraz protocolaram no Supremo Tribunal Federal (STF) uma petição na qual solicitam a revogação de sua prisão domiciliar.

De acordo com a defesa, Ferraz colaborou com a investigação e merece os mesmos benefícios de Job Brandão, ex-assessor do irmão de Geddel, o deputado Lúcio Vieira Lima.

Ferraz foi preso no dia 8 de setembro depois de a Polícia Federal encontrar vestígios de suas digitais em algumas notas dos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento de Salvador emprestado ao peemedebista. Depois de quase 50 dias na prisão, Ferraz obteve o direito de permanecer em regime domiciliar após pagar fiança estabelecida pelo ministro Edson Fachin, do STF.

Por: Redação Lauro News Online
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2017 © Todos os direitos reservados - 10 usuários online - Páginas visitadas hoje: 10800