Suspeitos de praticarem assaltos em Portão foram liberados após audiência de custódia Suspeitos de praticarem assaltos em Portão foram liberados após audiência de custódia
Policia
Suspeitos de praticarem assaltos em Portão foram liberados após audiência de custódia
Conteúdo publicado em 13/05/17
Já estão soltos desde a última quarta-feira (10) os dois acusados de cometerem assaltos no bairro de Portão em Lauro de Freitas que haviam sido detidos na última segunda-feira (8) pelos Policiais Militares da 52 CIPM.

Segundo informações da Delegada Titular da 34 DT em Portão, Andreia Arrais, Everton Novais de Jesus e Caio Filipe Santos da Silva após terem sido ouvidos e liberados automaticamente durante uma audiência de custódia.

Ainda segundo a delegada, as policias Civil e Militar continuam atuando em conjunto no bairro de Portão, assim como nas regiões as quais o departamento age na cobertura e prevenção em busca de levar cada vez mais segurança a população.


Ambos foram presos em uma moto suspeita portando uma arma de fogo calibre 38

Mesmo com a presença da Policia, ainda é notório a ação de criminosos que é cada dia mais amedrontam os moradores de Portão. "Tive meu celular roubado na terça-feira quando eu chegava na minha casa ali na Queira Deus por dois homens andando pô, nem na port de sua casa agente tem mais segurança", ressaltou um morador que não quis ser identificado. O mesmo não prestou queixa após o furto.

O que é uma audiência de custódia?

Em fevereiro de 2015, o CNJ, em parceria com o Ministério da Justiça e o TJSP, lançou o projeto Audiência de Custódia, que consiste na garantia da rápida apresentação do preso a um juiz nos casos de prisões em flagrante. A ideia é que o acusado seja apresentado e entrevistado pelo juiz, em uma audiência em que serão ouvidas também as manifestações do Ministério Público, da Defensoria Pública ou do advogado do preso.

Durante a audiência, o juiz analisará a prisão sob o aspecto da legalidade, da necessidade e da adequação da continuidade da prisão ou da eventual concessão de liberdade, com ou sem a imposição de outras medidas cautelares. O juiz poderá avaliar também eventuais ocorrências de tortura ou de maus-tratos, entre outras irregularidades.

Colabore com a Policia Civil e Militar

É importante salientar que a população deve colaborar com o trabalho árduo das Policias Civil e Militar que combatem diariamente as ações de criminosos não apenas em Portão, mas em toda Lauro de Freitas e por isso, em caso de testemunhar ou também se você foi vítima de um assalto ou ação de meliantes, denuncie imediatamente ao número 3379-5311 na 34ª Delegacia em Potão.


Redação Lauro News Online
Fonte: CNJ

Rede News Online 2011 - 2017 © Todos os direitos reservados